A cegonha está chegando !

Lilypie Expecting a baby Ticker

Desde a viagem se passaram:

domingo, 15 de julho de 2007

Espanando o pó

Ok, ok.

Mais de um mês desde o último post. Mas as coisas andaram corridas por aqui neste período. Vou tentar fazer um apanhado de tudo num grande resumo.

Moradia
  • Nos mudamos da casa de nossos amigos para uma townhouse que estamos alugando. Depois de muitas ligações, muitos "sorry, no pets" e "sorry, it´s seniors only (65+)", achamos um local legal. Fizemos a proposta de aluguel, fomos aceitos, porém a casa só ficaria vaga em 17 de Agosto. Depois de muito tentar falar com alguém para saber se poderíamos nos mudar antes e ter "ameaçado" começar a procurar aluguel por conta própria, o corretor que estava me ajudando se mexeu e nos achou um lugar. Mais caro que o original, porém com 3 quartos e apenas 2 andares (o anterior era 2 quartos e 3 andares). O lado bom deste novo local é que fica mais perto do supermercado e tem uma lavanderia comunitária ($1 para lavar e $1 para secar, pago direto na máquina).
  • A casa é legal, mas até nos acostumarmos com os barulhos dela vai levar um tempo. Já estamos a duas semanas aqui e ainda não me acostumei.
  • O complexo aqui deve ser para pessoas de baixa renda. Tu vê cada criatura por aqui que vou te contar. Não são miseráveis, mas parece que o complexo este é a "vila" aqui da redondeza. Mas é tranqüilo. Dia desses deixamos a chave da porta dos fundos do lado de fora, e nada aconteceu nem sumiu. :)
Emprego
  • Já fiz 1 mês de Dapasoft. E faz 1-2 semanas que o primeiro projeto que participei finalmente começou a andar. Segundo o que foi comentando em uma reunião da equipe que presta serviços para a Gerdau isso foi atípico e devido a introdução de uma nova metodologia de prestação de serviços, com mais documentações e formalismo.
  • Agora que o projeto está andando, estou praticando mais o inglês falado, já que estou tendo que clarificar dúvidas dos desenvolvedores e descobrir alternativas para alguns problemas que temos (fazemos assim ou assado?).
  • Uma coisa deu para perceber neste tempo na empresa: informática é a mesma coisa aqui ou no Brasil. O que muda, na minha opinião, é apenas a língua.
  • Se os brasileiros fossem mais sérios, teriam mais chances de terem um país melhor. Porque qualidade nós temos, pelo menos, levando em consideração os profissionais de informática que conheci. Tem gente fraca por aqui, minha nossa.
  • Chineses não são aquele bicho papão que pintam. A menos que os gênios estejam em outras empresas.
Carro
  • Isso é assunto para um post exclusivo, já que está uma lenda. Fui deixando, deixando, para fazer a prova prática. Quando fui fazer, dia 23/07, consegui rodar. Foi uma cadeia de acontecimentos na manhã da prova que me fizeram ir para o exame de cabeça quente e querendo acabar logo a prova. Resultado não podia ter sido diferente.
  • Pior de tudo que depois da prova, andei uns dias sozinho com o carro do Wagner, indo e voltando pela 401. E fiz tudo certinho !! Olhar pontos cego, fazer esquerda-direita-esquerda nas intersecções, olhar espelhos regularmente.
  • Tentei fazer a prova de novo ontem, agora, para conseguir a G2. Esperei das 06:30 as 09:30 da manhã para descobrir que tenho que esperar 10 dias entre os testes. Agora é ou esperar para 31/08 e fazer de novo no mesmo local onde tentei a G, ou ir bem cedo para Morningside, dia 04, ficar na fila de espera e conseguir a carteira antes do final de Agosto. Ficar sem carro aqui é praticamente ficar preso em casa ou fadado a esperar horas por ônibus (que ainda por cima são caros, $2.75 uma passagem).
  • Fiz uma cotação para um Toyota 2008. Seriam $196 por mês, para um contrato de 6 meses. Devia ter escutado meu instrutor de direção e ter feito primeiro a G2 (ou ter dito mais experiência no trânsito daqui). Se com G2 o seguro é assim barato, imagina com G.
Adaptação
  • Falo apenas por mim agora. Mas a adaptação está sendo tranqüila.
  • Estou conseguindo entender melhor as pessoas, sem ter que me esforçar muito. E está cada vez mais fácil achar as palavras para me expressar, sem ficar me enrolando muito. E a pronúncia ainda está carregada. Mas estamos apenas a 2 meses aqui. E faz pouco tempo que estou falando mais seguido. Com o tempo a coisa melhora.
  • A Letícia também anda muito bem. Nem 2 meses e já fala com as pessoas !! Ainda não tomou coragem para falar ao telefone mais seguido, mas está indo incrivelmente bem no meu entender.
  • Acredito que o grande desafio vai ser quando chegar o inverno. As lojas já estão fazendo propaganda de roupas para o outono. Pegamos um catálogo da Sears onde a maioria das roupas são de meia-estação.
  • Não se acha amaciante líquido por aqui. Apenas uns lenços que se coloca na secadora junto com as roupas. E eles funcionam. A roupa fica macia e com um cheiro muito bom.
  • Tem coisas bizarras por aqui, para quem está acostumado ao Brasil:
    • micro-saia pode mas fio-dental não pode;
    • gente com cada roupa mais feia e fora de propósito na rua;
    • transferência de dinheiro no banco precisa ser através de e-mail enviado para o beneficiário; para colocar algo em débito automático se envia um cheque com a palavra VOID escrita na frente do cheque;
    • pagamento de contas via internet banking é feita adicionando-se a empresa e o número da conta do serviço (para um cartão de crédito, por exemplo, o número da conta é o número do cartão).
    • no meu caso pelo menos o salário é um cheque que precisa ser depositado.
    • o cartão de crédito é mensal, mas o vencimento do pagamento é quase 3 semanas após o fechamento da fatura. Até o pagamento o saldo não pago fica contando no limite de crédito. Logo, as vezes é bom pagar tão logo a fatura chegue, para liberar o crédito.
    • separar o lixo, que aqui é muito mais sério. Se o pessoal que recolhe achar que tem lixo do tipo errado num saco, eles não levam e te deixam um bilhete explicando. Hoje achamos um "manual" num guia telefônico. Vamos deixar perto da geladeira, porque tem coisas que tu acha que é lixo descartável mas que na verdade é reciclável e vice-versa. Só não achamos ainda o calendário de recolhimento. Ficamos nos baseando nos vizinhos :)
    • montamos todos os móveis que compramos e precisavam ser montados. Perguntei quando sairia para montar a mesa da cozinha: $55. Com este dinheiro prefiro eu comprar as ferramentas e eu mesmo fazer (foi o que fiz, só que peguei ferramentas emprestadas. Mas ainda vou comprar a minha toolbox, a se vou)
Próximos passos
  • A Letícia vai começar agora em agosto um programa que auxilia a conseguir um emprego. Tomara que dê tudo certo e ela consiga algo. Agora que nos mudamos nem mais a renda de cuidar de crianças e cachorros ela tem mais
  • Vamos comprar uma TV e bicicletas. Para ter o que fazer de noite e podermos passear com a Duda. :)
  • Fazer a infame da prova de direção e comprar nosso carro.
  • Começar a procurar uma casa. Tão logo eu saia de probation saímos do aluguel e vamos para o mortgage. Dependendo, o valor é quase o mesmo, só que estarei comprando algo e não apenas ajudando outra pessoa com o meu dinheiro.

Um comentário:

Rosa disse...

Klaus, claro que tem amaciante líquido aqui no Canadá (sempre usamos aqui em casa)! Tu é que não és acostumado a lavar roupa, eheheh...Os lencinhos adicionados dentro da secadora tem a função de tirar a estática e assim as roupas não amassam tanto e se tirar a roupa quentinha da secadora, nem precisa passar a ferro a maioria delas. Isso é muito bom!!